Terça, 20 de Abril de 2021 45 991472361
Saúde Saúde

Estado tem 350 pontos de atenção especializados para autistas

São locais que prestam acolhimento, atendimento e tratamento para pessoas com suspeita ou diagnóstico de autismo ou com deficiência intelectual. Es...

02/04/2021 11h45 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Secretaria de Estado da Saúde mantém 350 pontos de atenção especializados no atendimento a pessoas com deficiência intelectual, incluindo o Transtorno do Espectro Autista (TEA). Esta data, 02 de abril, é o Mundial de Conscientização do Autismo, que busca sensibilizar a população divulgando informações a respeito do tema.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que há 70 milhões de pessoas com autismo em todo o mundo – 2 milhões somente no Brasil. Calcula-se que uma em cada 88 crianças apresenta sinais do Transtorno do Espectro Autista (TEA)

“Esta rede está distribuída em todas as regiões do Estado. São pontos que prestam acolhimento, atendimento e tratamento para pessoas com suspeita ou diagnóstico de autismo”, disse o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto.

CADASTRO- A secretaria disponibiliza em seu site (http://saude.pr.gov.br) uma área para cadastro do Transtorno do Espectro Autista. “O cadastro tem por objetivo identificar e conhecer a realidade das pessoas com TEA no Estado. É voluntário e, até o momento, temos 618 pessoas cadastradas”, explica a chefe da Divisão de Saúde da Pessoa com Deficiência, Aline Jarschel de Oliveira.

As informações contidas no cadastro auxiliam a Secretaria de Estado da Saúde nas ações de atenção e cuidados a essas pessoas.

CAPACITAÇÃO- A pasta, por meio da Escola de Saúde Pública do Paraná, e em  parceria com o The Scott Center for Autism Treatment/Florida Institute of Technology, lançou em setembro de 2020 a  Capacitação Multiprofissional em Análise do Comportamento Aplicada (ABA) voltado ao Transtorno do Espectro do Autismo.

A proposta é de atualizar profissionais (médicos, psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistentes sociais, cirurgiões-dentistas) e gestores da Rede SUS em Análise do Comportamento Aplicada.

“Com esta capacitação visamos qualificar o atendimento dos usuários com suspeita ou diagnóstico de Transtorno do Espectro do Autismo. Atualmente temos mais de 800 profissionais de saúde inscritos no curso, que acontece em ambiente virtual”, explicou a chefe da Divisão de Saúde da Pessoa com Deficiência, Aline Jarschel de Oliveira.

“Nosso objetivo é atingir o maior número de profissionais possível para qualificar o atendimento e, assim, impactar na melhora da qualidade de vida e possibilidade de desenvolvimento de autonomia de milhares de pessoas com TEA” disse a Aline.

Profissionais da área podem buscar pelo conteúdo da capacitação no site da ESPP (http://escoladesaude.pr.gov.br).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cascavel - PR
Atualizado às 04h31 - Fonte: Climatempo
15°
Poucas nuvens

Mín. 14° Máx. 28°

15° Sensação
17.8 km/h Vento
69.9% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (21/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Quinta (22/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 26°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias