Terça, 20 de Abril de 2021 45 991472361
Saúde COVID-19

Desenvolvida pela UFPR, Brasil pode ganhar vacina contra Covid 100% paranaense

Imunizante criado a partir de estudos realizados no Estado está em fase pré-clínica de testes.

29/03/2021 21h50
Por: Redação Fonte: Alep
Divulgação
Divulgação

O Brasil pode ganhar no ano que vem uma vacina contra a Covid-19 integralmente desenvolvida no Paraná. Criado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), o imunizante está sendo desenvolvido por professores e cientistas da instituição e já demonstrou títulos de anticorpos comparáveis e até superiores aos reportados pela vacina AstraZeneca/Oxford. O imunizante está em estudos na fase pré-clínica realizados em camundongos. A previsão é de que a vacina possa estar disponível em 2022. A informação foi revelada na reunião desta segunda-feira (29) da Frente Parlamentar do Coronavírus da Assembleia Legislativa do Paraná. 

Durante o encontro, os deputados membros da Frente aprovaram o envio de um requerimento para Mesa Executiva da Assembleia solicitando a destinação de R$ 2 milhões de recursos do próprio orçamento da Casa para ajudar a financiar o desenvolvimento da vacina paranaense. A importância do apoio para o estudo foi destacada pelo coordenador da Frente Parlamentar, deputado Michele Caputo (PSDB). "A Universidade Federal do Paraná nunca nos falta no trabalho em busca da ciência e da pesquisa", afirmou Caputo. 

Os detalhes da vacina foram apresentados pelo reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, e por três professores/pesquisadores que encabeçam a pesquisa. Segundo o reitor, a vacina usa insumos nacionais, o que diminui o custo de produção do imunizante. De acordo com a UFPR, a vacina se mostrou eficaz sem o acréscimo de adjuvante, substância utilizada para facilitar a resposta imune normal. As partículas do polímero bacteriano polihidroxibutirato (PHB), utilizadas pelos pesquisadores para inserir partes da proteína viral do Sars-CoV-2 no organismo, já apresentam a atividade de adjuvante, mostrando a resposta imune em camundongos. "Temos hoje no Brasil entre oito e 10 vacinas em desenvolvimento. A nossa vacina está entre as cinco mais avançadas. Nossa previsão é de que em seis meses podemos chegar na fase de testes clínicos", informou o reitor da universidade. 

Esforços - Além deles, a reunião contou com a participação do secretário-chefe da Casa Civil, Guto Silva, que explicou o trabalho do governo estadual para garantir a imunização da população. Guto Silva informou que o governo já iniciou as tratativas junto ao Ministério da Saúde para a instalação de uma fábrica de vacinas no Paraná. De acordo com o chefe da Casa Civil, os investimentos podem chegar a R$ 1 bilhão. "Com esta fábrica, poderíamos contribuir para termos em breve uma vacina totalmente paranaense, criando um terceiro eixo de tecnologia, além de Rio Janeiro e São Paulo", disse Guto Silva. 

O diretor-executivo do Consórcio Paraná Saúde, Carlos Setti, detalhou os esforços do órgão para adquirir vacinas. Segundo Setti, o Consórcio iniciou tratativas com 12 fabricantes de vacinas, que informaram que a comercialização de imunizantes está sendo realizada apenas para o governo federal e a Organização Mundial de Saúde (OMS). "No momento, não é possível avançar na compra de vacinas", disse.  

Oxigênio - O coordenador-geral da Defesa Civil do Paraná, coronel Fernando Schunig, explicou que o órgão está realizando um trabalho para arrecadar cilindros de oxigênio que estão sendo distribuídos para instituições de saúde. De acordo com Schunig, o Estado já recebeu 264 cilindros. "Eles estão sendo distribuídos conforme uma lista de prioridades da Secretaria Estadual da Saúde", informou. 

Segundo o órgão, empresas e pessoas físicas podem ajudar a evitar a falta de oxigênio. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil disponibilizou um número de telefone, com atendentes disponíveis 24 horas por dia, para quem puder doar ou emprestar cilindros de oxigênio O objetivo é aumentar os estoques no Estado, comprometidos com o aumento de internações causadas pela Covid-19. Quem quiser doar basta só ligar para o número (41) 3281-2532. As doações podem ser feitas de qualquer lugar do Paraná e os cilindros poderão ser devolvidos. 

Por fim, o diretor do Hospital San Julian, Ricardo Sbalqueiro, falou sobre os impactos da Covid-19 em hospitais psiquiátricos e os prejuízos da doença à saúde mental das pessoas. Ele explicou como, além da contaminação, o vírus tem outras consequências na vida das pessoas, resultando no aumento da depressão e suicídios. "Temos um cenário bastante agravado", explicou.  

Mini usinas – O deputado Reichembach (PSC), que participou da reunião, sugeriu que sejam instaladas mini usinas de oxigênio nos municípios paranaenses. “Esta é uma solução emergencial que tem sido adotada em algumas cidades do Sudoeste, o que vai gerar um alívio para os hospitais e famílias que têm seus entes queridos internados e precisando deste recurso”, afirma.

Segundo o deputado, Ampére, Santa Izabel do Oeste e Dois Vizinhos são exemplos de municípios que aderiram à iniciativa, e que poderão abastecer os cilindros dos hospitais in loco. Francisco Beltrão deve iniciar a instalação da usina ainda esta semana. Além disso, também poderão ser abastecidos os equipamentos utilizados em ambulâncias, e os cilindros de pacientes que fazem uso do oxigênio para o tratamento em casa. Clevelândia e Mariópolis, ambos municípios do Sudoeste, se uniram para a instalação da mini usina, um investimento de cerca de R$ 300 mil, com capacidade de 161,28 metros cúbicos produzidos por dia.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cascavel - PR
Atualizado às 05h01 - Fonte: Climatempo
14°
Poucas nuvens

Mín. 14° Máx. 28°

14° Sensação
17.5 km/h Vento
72.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (21/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Quinta (22/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 26°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias